E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

5 Coisas que nenhum chefe deve dizer aos empregados

03/06/2019 Por: Editorial Dom Bosco
 https://www.domboscoead.com.br/pos-graduacao/noticias

Quem nunca teve o azar em trabalhar sob a mentoria de um chefe ruim, não faz ideia de como a produtividade pode cair bruscamente pela falta de motivação. Em outras palavras, um chefe ruim pode “afundar” a empresa. Quer dizer, não só a empresa como a saúde dos próprios funcionários fica ameaçada perante uma liderança tóxica. Talvez, apenas uma palavra mal pensada pode apagar toda a energia que o colaborador tinha.


De acordo com a Associação de Psicologia dos EUA, 75% dos colaboradores associam o estresse do trabalho aos seus gestores, conforme pesquisa realizada pela Quartz. Então, se você não quer seu time formado por pessoas desmotivadas ou doentes, é importante ter a consciência que debaixo do uniforme, há seres humanos que possuem além do físico, mental e psicológico; esse negócio de pessoal e profissional separados, não existe!


As 5 coisas que nenhum chefe deve dizer aos empregados


https://www.domboscoead.com.br/pos-graduacao/noticias/inteligencia-emocional-essencial-para-o-novo-profissional/129

Se você é gestor, coordenador ou o próprio (a) dono (a) da empresa, convém conferir a lista a seguir com 5 coisas que nenhum chefe deve dizer aos empregados/colaboradores.


1 - “Você tem que fazer, porque sou seu chefe”

Por mais que a sua autoridade dentro da empresa dê a você a ‘palavra final’ nas decisões, tratar seus funcionários como se fossem robôs que apenas precisam executar atividades, não funciona. Permitir que os membros de sua empresa expressem o que pensam, fará com que sua liderança seja fortalecida.


Os colaboradores precisam entender que as suas decisões visam o bem-estar da empresa e não favorecer o seu próprio ego - isso não é nada profissional. Ao permitir o diálogo, você consegue se aproximar da equipe e favorece que os funcionários não sintam-se acanhados em contribuir com o crescimento da empresa, trazendo sugestões e ideias que podem transformar o negócio.



2 - “Eu trabalhei todo o final de semana. Onde você estava?

Calma, só porque você é workaholic não quer dizer que as pessoas que fazem parte de sua empresa também devem ser. Se não foi acordado com o seu funcionário trabalhar aos finais de semana/feriados, então, ele tem o direito em não trabalhar. Só está em seu direito exigir a rotina que está no contrato do empregado.


Mesmo que a hora extra seja remunerada, longas jornadas de trabalho podem trazer consequências negativas à saúde. Dados levantados pela University College London, no Reino Unido, constatou que jornadas extras de trabalho, aumentam em 40% as chances de problemas cardíacos. Quando você precisar que algum funcionário trabalhe além do combinado, é importante ‘pedir’ com antecedência e não tornar isso um hábito.


Veja também: Legislação no setor de serviços: Reforma Trabalhista nas empresas



3 - “Esse lugar não ‘vive’ sem mim”

Seu funcionário está fazendo o que na empresa, então? Usar expressões depreciativas, como se a única peça fundamental para a sua organização fosse você mesmo, desmotiva o empregado, já que ele deixa de se considerar útil para o sucesso do negócio.


Se o time não está respondendo da forma esperada, em vez de ficar usando expressões ofensivas, procure identificar onde está o problema e desenvolva estratégias para que ele seja corrigido. Aprenda: empresas são formadas de pessoas e não de uma única - todo mundo desempenha seu papel para que ela continue a render.  



4 - “Se você não gosta daqui, vá trabalhar em outro lugar”

Saiba que é bem mais caro contratar e treinar um novo funcionário, em vez de treinar o colaborador que já faz parte da empresa. Agir como se o seu funcionário não fizesse falta para o negócio e que qualquer outra pessoa pode fazer o que ele faz, é bastante tolo.


Pense que o tempo e dinheiro investidos para demitir e contratar um novo funcionário, não são nada baratos. E não só isso, perder o funcionário para a concorrência pode ser bastante negativo. Seu funcionário está desmotivado? Demonstre empatia e procure soluções para o problema. Ser ‘ser humano’ é muito mais barato do que trocar de funcionário toda vez que o resultado não agradar.  



5 - “Sabe quantos gostariam de estar em seu lugar?”

Sob essa péssima liderança - certamente, ninguém! Para um líder chegar a ponto de dizer para o funcionário que outros gostariam de assumir o cargo, é que muita coisa está errada. Não trate seus funcionários como se a sua empresa fosse o melhor lugar que eles podem chegar; reconheça o potencial daquele que você escolheu dentre inúmeros outros no processo seletivo.


A atitude do time é o reflexo de como anda a liderança; logo, time ruim é sinônimo de liderança ruim. Saiba valorizar seus funcionários, reconheça os avanços e invista em melhorias em vez de ficar usando “palavras desmotivadoras para motivar” - isso nunca funciona. Um empregado satisfeito, vale mais do que um funcionário experiente infeliz.


Quer ser um bom chefe? A receita é simples: nunca esqueça que eles precisam de você tanto quanto você precisa deles.



E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades



Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar