E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

6 Dicas profissionais que você não aprende na faculdade

29/11/2018 Por: Editorial Dom Bosco
 6 Dicas profissionais que você não aprende na faculdade


A faculdade fornece a base para o profissional conseguir se desenvolver no mercado, mas, muitas coisas só o mercado pode ensinar. Confira essas 10
dicas de profissionais que você não aprende na faculdade.



Aprenda trabalhar em grupo

Os trabalhos em grupo na faculdade costumam ter discrepância de responsabilidade entre os alunos, pois enquanto alguns se matam de trabalhar, outros nem sabem do que se trata o projeto. No trabalho, quem não consegue cumprir com suas atribuições, não consegue crescer profissionalmente.


Trabalhar em equipe não envolve apenas cumprir com suas atribuições, mas também se refere a demonstrar empatia, humildade e prontidão, que são características fundamentais para ter sinergia com o resto do time e desenvolver bons jobs.  



Não tenha medo de ousar

Não há dica melhor para se destacar do que ser diferente e coerente. Infelizmente, muitos profissionais acabam ficando limitados às tradições do mercado e não oferecem nada diferente, por puro medo. No entanto, oferecer propostas é fundamental para conseguir a sua assinatura no mercado e, automaticamente, destaque.


A ousadia profissional pode ser vantagem competitiva, especialmente se você está em áreas engessadas. Para não cometer nenhuma gafe, é importante avaliar como está o mercado e do que ele precisa, se a sua solução for diferente mas inovadora, não há problema. Por exemplo, as Edtechs são startups de tecnologia que atuam no setor educacional, sendo o desenvolvimento de jogos que auxiliam o aprendizado uma das atividades mais comuns destas empresas. Assim, dá para inovar sempre e em qualquer lugar!



Seja responsável

Responsabilidade tem um conceito bastante amplo e não tê-la, pode manchar a sua reputação de uma vez para sempre. Por isso, é fundamental ter organização e força de vontade, para evitar ser retratado como irresponsável.


Irresponsabilidade está muito relacionado a não saber priorizar as coisas importantes, o que resulta em atraso nas entregas ou no famoso “feito nas coxas”. Portanto, organize seu tempo para conseguir cumprir com êxito todas as atividade.



Empatia e Simpatia

Saber ser amistoso e se colocar no lugar dos outros, evita diversos problemas e contribui com boas relações. Além disso, essas características o ajudam a ser uma pessoa mais observadora, tranquila e contribuem com seu autoconhecimento.


Essa são coisas que você nunca aprenderá na faculdade, no entanto, quando elas não são usadas em sua vida pessoal e profissional, os efeitos são infelizes. As duas características são essenciais para enxergar a vida de forma positiva, não comprar briga por qualquer motivo, não se ofender com facilidade ou ofender outros, lidar com pressão… então, sempre avalie como você está demonstrando essas qualidades no seu dia a dia.



Esteja disposto a aprender

Muita gente ama dizer nas entrevistas de emprego que “aprende rápido”, mas a verdade mesmo, é que pouca gente está disposta a aprender, seja por preguiça ou orgulho. Mesmo que você seja seguro com sua formação, é importante admitir que sempre há espaço para melhora.


Algo muito comum, não só com os profissionais novatos mas veteranos também, é não sentirem a necessidade em conhecer outras áreas e cargos que não estejam relacionados às suas posições, o que é um forte engano, já que o mercado é conectado e mais cedo ou mais tarde, conecta carreiras distintas. Fora conhecer outras áreas, é importante estar sempre estudando, para estar antenado e pronto para lidar quando dificuldades surgirem.



Feedback é fundamental

Ouvir elogios e críticas é muito importante para o crescimento profissional, pois eles retratam como outros nos enxergam. Porém, alguns profissionais não pedem a avaliação por seus serviços e outros só gostam de receber elogios, e nunca acatam as críticas, mas, o feedback é fundamental.


A percepção que temos de nós pode ser diferente da imagem que estamos vendendo, e pedir a opinião de clientes e pessoas próximas, pode fornecer um ótimo guia sobre quais mudanças precisam ser feitas. Então, não se feche para comentários negativos, mas tente refletir em como você pode transformá-lo de defeito em qualidade. Então, considere o feedback uma forte dica de carreira!






E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades



Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar