E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

A importância do feedback para melhorar o desempenho do profissional

12/11/2015 Por: Vanessa Cagliari
A importância do feedback para melhorar o desempenho do profissional

Os feedbacks são informações dadas ao profissional que indicam seu desempenho e como seu trabalho está afetando o trabalho dos outros profissionais e os processos da empresa. No entanto, dependendo da forma como ele é feito, o feedback pode motivar ou desanimar uma pessoa, sendo que o principal objetivo desta prática é visar a solução de problemas, encorajar, criar confiança e aprimorar habilidades.


 
De acordo com um estudo do Top Employers Institute feito com 600 empresas em 99 países, o feedback é avaliado pelos profissionais como a melhor forma para medir desempenho. A maioria dos entrevistados prefere os processos mais transparentes de definição de metas e feedbacks mais regulares dentro de métodos de avaliação, em comparação às tradicionais revisões anuais de desempenho.


 
No Brasil, 26 empresas participaram do estudo que, juntas, empregam mais de 300 mil pessoas. Elas comprovam que quando o assunto é feedback, as organizações brasileiras estão completamente alinhadas à tendência global: 100% delas treinam seus gestores para oferecer aos seus colaboradores um feedback construtivo e aberto em uma base contínua - índice que coloca o país à frente da França (79%), Itália (87%) e Reino Unido (90%).



 
Aliás, em 79% das empresas participantes no Brasil, as metas de desempenho dos gestores são totalmente transparentes para seus subordinados diretos. Já na França, esse percentual é de apenas 13% e na Alemanha, 43%. "Uma das principais conclusões do nosso estudo é que a gestão de desempenho evoluiu de um evento anual, com objetivos rígidos, para um processo transparente de diálogo contínuo, com metas flexíveis, que está mais incorporado no dia a dia das operações. As empresas que se tornam Top Employers redefiniram desempenho como a capacidade de colaborar e contribuir para o sucesso de uma equipe", conta David Plink, CEO do Top Employers Institute. Confira, a seguir, algumas dicas para dar um feedback correto e eficaz, segundo a empresa de recrutamento, Catho:


 
Seja imparcial - Descreva o acontecimento ou o comportamento que merece atenção, exatamente como aconteceu, sem fazer juízo de valores.

 
Vá direto ao ponto – Procure ser específico em sua crítica e não generalista. Pense na pergunta: qual comportamento deve ser melhorado ou aperfeiçoado?

 
Crie a cultura - Ajude a tornar o feedback algo positivo, bem recebido e não imposto. Caso você queira fazer um bom trabalho, precisa incentivar as pessoas a verem as críticas com bons olhos.

 
Não deixe para depois -Dê o feedback logo após um acontecimento para que os problemas não se acumulem. Quanto mais tempo você demora, maior se torna o problema e mais difícil de resolvê-lo.

 
Pense no colaborador -feedback deve ser direcionado para a necessidade do receptor, e não do emissor. Lembre-se que a ação não é feita para extravasar decepção ou qualquer outra emoção negativa e, sim para melhorar.
 
 
Fique de olho - Fique atento e verifique se o feedback foi absorvido, uma vez que existe uma grande diferença entre ouvir e escutar. Ouvir significa compreender e absorver as informações transmitidas.
 
 
Com informações de Catho



Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar