E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

A importância dos professores alfabetizadores

17/09/2018 Por: Editorial Dom Bosco
 professores alfabetizadores

Segundo dados divulgados pelo IBGE, o Brasil ainda tem cerca de 11,8 milhões de analfabetos, com idade de 15 anos ou mais. O analfabetismo é um problema constante, e a ausência de investimentos na estrutura educacional, bem como a carência de profissionais que realmente compreendam os processos da alfabetização, apenas fazem o problema evoluir. É fundamental falar sobre educação, e entender a importância dos professores alfabetizadores.


Sair de casa para pegar o ônibus e não saber identificar qual o certo; assinar documentos sem entender o que está escrito; ler uma prova e não compreender o que está escrito, mesmo sendo um tema simples; são inúmeras as situações constrangedoras que pessoas analfabetas, ou então que apenas lêem mas não compreendem o que está escrito - conhecidas como analfabetas funcionais - precisam lidar em seu cotidiano. O interessante, é que muitas dessas pessoas tiveram acesso à escola, mas não foram educadas da forma correta.


O professor alfabetizador compreende os estágios para desenvolver a leitura e compreensão de texto nos alunos, e nas mais diferentes fases da vida, afinal, um adolescente aprende de forma totalmente distinta de uma criança. Infelizmente, a licenciatura básica nem sempre fornece o conhecimento necessário para lidar com estes desafios - e que não são poucos. Por isso, existem diversos cursos focados em alfabetização, para especializar docentes que desejam se aprofundar no tema e contribuir de forma mais completa com essa fase tão importante da vida de todos os seres humanos.



A pós-graduação de Alfabetização intera a compreensão dos processos de aprendizagem, e o entendimento de um comportamento docente capaz de contribuir com o desenvolvimento da habilidade. Para quem deseja se especializar no ramo, estarão dispostos conteúdos como Letramento no Brasil, Psicogênese da Linguagem Oral e Escrita, e Formação Docente para a Diversidade.


Ainda o campo com maior área de abrangência para o profissional alfabetizador é dentro de instituições de ensino e ONGs, como orientador responsável ou suporte. Salários divulgados pelo Love Mondays apresentam remunerações de alfabetizadores que variam entre R$1.283,00 e R$2.099,00, mas estes valores mudam conforme o tempo de experiência e região de atuação.


O censo do IBGE destacado no início do artigo, apresentou que a taxa de analfabetismo tem maior concentração nas regiões Norte e Nordeste. No entanto, os números nas outras regiões não pode ser desconsiderado, visto apresentar que o analfabestimo é um problema presente em todo o território brasileiro, e que necessita ser combatido por intermédio de profissionalização, e investimentos na educação para uma sociedade mais digna.



Experimente Grátis Pós-graduação em Alfabetização


Educar e contribuir com a formação de pessoas para que possam ter uma vida digna, é muito gratificante. Conheça a pós-graduação de Alfabetização da Unidombosco, que oferecem formações em 13 meses ou 6 meses, para que os docentes possam atuar de forma mais profunda na alfabetização.


Conheça nossa metodologia que é reconhecida pelo MEC e que contribui todos os anos com a formação de profissionais de diversas áreas acadêmicas. Experimente grátis por 7 dias.




pos educação

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar