E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Benefícios que educação corporativa traz para as organizações

25/02/2019 Por: Editorial Dom Bosco
 gerenciamento de recursos humanos


Sustentabilidade organizacional envolve a integração de três pilares essenciais para a construção de empresas bem-sucedidas: social, econômico e ambiental. Quando essas bases estão funcionando em sintonia, podemos dizer que a organização é sustentável. O que pouca gente sabe é em como desenvolver o gerenciamento dos recursos humanos neste contexto.


Para aprender essa artimanha que irá colocar seu negócio no radar do mercado, basta continuar lendo com atenção este artigo até o fim. Bon appetite!



Sustentabilidade no RH


O setor de Recursos Humanos tem uma responsabilidade e tanto: cuidar do recurso humano das empresas. A influência do RH é tamanha, que ele é um dos principais facilitadores para as empresas que querem adotar uma cultura organizacional sustentável. Lembra dos três pilares que precisam estar integrados para que esse desejo seja possível? Pois é, dentre esses há a questão social.


Conhecido como sustentabilidade social dentro do tripé da sustentabilidade, este segmento, desde que integrado a outros, pode trazer os melhores resultados. Por isso, contar com uma equipe que seja qualificada em recursos humanos para esta missão, é começar com o “pé direito”.


Veja também: Benefícios que a educação corporativa pode trazer para as organizações.


Dentro das pautas dos setores de RH que buscam a sustentabilidade organizacional, é preciso serem incluídas preocupações como:


  • Desenvolvimento de ações internas que incentivem o crescimento do conhecimento;
  •  

  • Dinâmicas que promovam sentimento de pertencimento entre os membros;
  •  

  • Identificação dos pontos internos que desmotivam os colaboradores;
  •  

  • Conectar capacitação às necessidades da empresa;
  •  

  • Levantamento das competências e carências profissionais internas.


As responsabilidades não param por aí, ainda dá para colocar muita coisa em discussão! As ações, assim como os objetivos, vão variar de uma organização para outra; mas, como estamos falando de sustentabilidade organizacional e a contribuição para a questão social que o RH tem, a atenção deve sempre estar concentrada em preservar um bom clima organizacional.


Quer saber a forma certa de fazer o gerenciamento dos Recursos Humanos? Experimente grátis o curso de extensão que a Unidombosco preparou com carinho para você. Se inscreva ainda hoje!


E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades



Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar