E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

As 25 marcas brasileiras mais valiosas de 2015

07/12/2015 Por: Vanessa Cagliari
As 25 marcas brasileiras mais valiosas de 2015

Em 2015, as marcas brasileiras que mais se destacaram foram aquelas que investiram na fidelização e no relacionamento do cliente. Foi o que revelou o ranking das marcas brasileiras mais valiosas do ano elaborado pela consultoria de branding Interbrand e divulgado na quinta-feira (3 de dezembro), durante evento no Insper. Segundo a Interbrand, o valor total das 25 brands cresceu de R$ 101 bilhões em 2014, passando a valer R$ 104 bilhões. Veja a pesquisa completa.

 
 
A empresa que lidera a lista deste ano é o Itaú, pois sua percepção positiva aumentou 13% em relação ao ranking do ano passado. Bradesco e Skol aparecem em 2º e 3º, respectivamente. Conforme afirma André Matias, diretor de estratégia da Interbrand, o ranking das empresas mais valiosas de 2015 se destaca por apresentar uma oscilação recorde no valor da marca. "Quinze marcas apresentaram flutuação positiva ou negativa de dois dígitos. Como reflexo dessas variações, temos um aumento de 2,75% no valor total do portfólio e, por outro lado, o valor da 25ª marca é menor que em 2014", disse.


 
 
As empresas vencedoras deste ano apresentam uma característica em comum: o investimento no relacionamento, fidelização e conquista do consumidor, fatores fundamentais em épocas de crise, quando os consumidores são mais seletivos na hora da compra, aponta Daniella Bianchi, managing director da Interbrand. "A turbulência do cenário político e os passos lentos da economia geraram desconfiança e incerteza nos brasileiros", disse Daniella.


 
 
Os setores que mais se destacam são Serviços Financeiros (51%); Bebidas (27%); Cosméticos (7%) e Petróleo e Gás (5%). A valorização do Itaú e do Bradesco compensou a queda do Banco do Brasil, Caixa e BTG Pactual e levaram a um aumento de 6,06% no valor total do segmento financeiro. Já as empresas de cervejas, apresentaram crescimento no valor de todas as marcas e também foram positivamente impactadas pela estreia da Bohemia.



Oito das doze marcas revelaram variação positiva de dois dígitos em seus valores da marca, em comparação com  o ano anterior: o Itaú, com 13%; a Skol, com 17%; Cielo com 20%; Lojas Americanas com 21%; Renner com 22%; Ipiranga com 25%; Porto Seguro com 27%; e Havaianas com 19%. 

 
Veja o ranking das marcas brasileiras mais valiosas de 2015



 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar