E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

As carreiras que serão mais valorizadas em 2016

17/12/2015 Por: Vanessa Cagliari
As carreiras que serão mais valorizadas em 2016

Os cargos de gerente tributário, gerente de marketing e gerente de logística estarão em alta em 2016. Essa é a conclusão da pesquisa da Michael Page, empresa líder em recrutamento de executivos de média e alta gestão. Segundo a empresa, serão valorizados os cargos que tendem a absorver novas funções dentro das organizações, expandindo seu leque de atividades e que melhorem os custos e eficiência.
 
 
"Diante das incertezas macroeconômicas, as empresas estão priorizando profissionais que possuem larga experiência e, de fato, consigam agregar valor e eficiência ao negócio. O executivo que entender este momento e se colocar à disposição para absorver uma nova função ou dar apoio em mais de uma área, pode se destacar facilmente dentro da companhia", disse Henrique Bessa, diretor da Michael Page. Confira as carreiras que estarão em alta em 2016:




TI

1.Gerente/Coordenador de Infraestrutura
 
O gerente de infraestrutura é responsável por toda a gestão da infraestrutura da área de TI. Por ser um setor que está ligado à eficiência operacional da empresa, pode trazer redução nos custos, um dos principais objetivos das empresas. A média salarial do cargo de gerente está entre R$ 12 mil e R$ 16 mil.



 
2.Gerente/Coordenador de Plataformas Mobile e Web

Seu papel é liderar a equipe de desenvolvedores de aplicativos, visando aproximar o usuário da marca. O cargo estará em alta por existir a tendência da migração do ponto de venda e do relacionamento com o cliente para plataformas online. Salários variam entre R$ 9 mil a R$ 11 mil.




 
Finanças

 
3.Gerente Tributário
 
O gerente tributário realiza trabalhos de estudo de incentivos, regimes especiais e novas leis que possam diminuir o pagamento de taxas e impostos, aumentando a eficiência dos negócios. Além disso, esse profissional garante que a organização estará em dia com as obrigações fiscais, oferecendo suporte em áreas internas e também em consultoria tributária. Os salários variam entre R$ 12 mil e R$ 17 mil.

 
 
 
4.Controller
 
Com exigência de formação em Ciências Contábeis, Administração de Empresas ou Economia, esse profissional acompanha toda a operação da empresa sob um ponto de vista financeiro, criando relatórios dos números para a matriz e/ou acionistas. Com o cenário incerto da economia, a precisão nas informações é fundamental, pois fará com que as matrizes fiquem mais perto das operações que ocorrem no Brasil. Salários oscilam entre R$ 16 mil e R$ 21 mil.


 
 
 
5.Gerente de Tesouraria (com foco em operações estruturadas)
 
É o profissional que tem como função baratear os custos de captação das empresas, trazer operações contábeis mais engenhosas e melhorar o nível de relacionamento bancário. Para conseguir o cargo, é preciso ter formação em Ciências Contábeis, Administração de Empresas, Economia ou Engenharia, geralmente com MBA em Finanças Corporativas. Remunerações variam entre R$ 16 mil e R$ 25 mil.
 
 
 
 
Jurídico

 
6.Head do Departamento Jurídico
 
O profissional é responsável por todas as demandas jurídicas da empresa, atuando em todas as frentes. Entre as habilidades indispensáveis estão bom domínio do inglês, facilidade em se relacionar com as outras áreas de negócio e saber administrar escritórios. Os salários variam de R$ 10 mil a R$ 15 mil.

 
 
 
7.Gerente de Contencioso de Volume
 
A atual conjuntura do Brasil fará a carreira ficar em alta, pois, de maneira geral, o volume de processos irá aumentar, com foco na área cível, ações de recuperação de créditos, indenizatórias e área trabalhista. É requisitado que o profissional saiba conciliar a questão técnica com a habilidade administrativo-financeira. Média salarial fica entre R$ 9 mil e R$ 14 mil.

 
 
 
8.Advogado Sênior/Gerente na área de Fusões e Aquisições
 
Compõe a área jurídico-consultiva da empresa, sendo responsável pela construção dos atos societários mais simples aos mais complexos. O perfil do profissional consiste em ter habilidade técnica em execução de fusões e bom domínio do inglês. Salários variam entre R$ 11 mil e R$ 17 mil.




 
 
Marketing e Vendas

 
9.Gerente de Inteligência de Mercado
 
Na área de marketing e vendas, o Gerente de Inteligência de Mercado administra as atividades que envolvem análise de dados sobre concorrência, consumidores e cenários, com o objetivo de definir processos e subsidiar informações nas áreas de marketing, comunicação e comercial. Os salários oscilam entre R$ 10 mil e R$ 15 mil.


 
 
10.Gerente de Marketing Digital
 
O gerente de marketing digital faz a administração da estratégia digital e isso inclui análises de mercado e tendências atuando com prospecção de leads. Ele também deve identificar novos produtos, serviços e soluções através de ferramentas digitais e canais online. Esse profissional deve apresentar conhecimentos sobre o comportamento do usuário web e compra de mídia online, para garantir mais acessos e melhorar a taxa de conversão e vendas dos sites. Os salários variam entre R$ 10 mil e R$ 14 mil.



 
 
11.Gerente de Logística
 
No setor de logística, o gerente controla e organiza a integridade dos estoques, contrata serviços de manutenção, operação e transporte, além de gerir toda a equipe. A área de logística ganha destaque porque é um setor que tem grande custo e ter um profissional competente pode trazer muitos benefícios, especialmente em um momento em que muitas empresas passam por processos de reestruturação. É necessário ter formação superior em Administração de Empresas com especialização em Gestão de Logística. Os salários estão entre R$ 10 mil e R$ 15 mil.




Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar