E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

As competências mais valorizadas até 2020, segundo o Fórum Econômico Mundial

29/02/2016 Por: Vanessa Cagliari
As competências mais valorizadas até 2020, segundo o Fórum Econômico Mundial

Nos próximos quatro anos, mudanças socioeconômicas, geopolíticas e demográficas terão impacto direto no mercado de trabalho seja no surgimento ou desaparecimento de novas profissões ou na demanda por novas competências. É o que concluiu o relatório "The Future os Jobs" produzido pelo Fórum Econômico Mundial, que afirma que as mudanças são justificadas no contexto da chamada Quarta Revolução Industrial formada pela era da robótica avançada, inteligência artificial, automação no transporte e aprendizagem automática.


 
Os setores mais afetados desde já pelas novas exigências do mercado são de mídia e entretenimento, consumo, saúde e energia, segundo o relatório. No entanto, as áreas de finanças, infraestrutura e mobilidade deverão sofrer transformações mais profundas nos próximos anos. Confira quais as competências que todo profissional precisar dominar até 2020, segundo o Fórum Econômico Mundial.


 
 
1 - Resolução de problemas complexos

Tal habilidade já foi prevista como a mais requisitada para 2015 e volta a aparecer em primeiro lugar no ranking de previsões para 2020. Nos próximos quatro anos, 36% das atividades em todos os segmentos da economia deverão exigir a habilidade de solucionar problemas complexos, segundo o relatório do Fórum Econômico Mundial.


 
 
2- Pensamento crítico
 
No relatório, o pensamento crítico é descrito como o uso da lógica e da razão para detectar forças e fraquezas de soluções alternativas, conclusões e abordagens a problemas. O profissional que apresentar a habilidade de se comunicar claramente, de fazer as perguntas certas e de analisar um problema sob diferentes perspectivas, tem grandes chances de se destacar.


 
 
 
3-Criatividade
 
Os robôs perdem para as pessoas em criatividade. Os profissionais criativos terão a chance de se beneficiar desde cenários de rápidas mudanças em produtos, tecnologias e modos de trabalho. Criatividade ficou em 10ª da lista de previsões das demandas de mercado para 2015, agora faz parte das três competências mais valorizadas até 2020.


 
 
 
4 - Gestão de Pessoas
 
O papel fundamental do gestor de pessoas é motivar, desenvolver pessoas e identificar talentos, de acordo com o relatório do Fórum Econômico Mundial. Essa habilidade é vista como destaque até 2020 nos setores de energia e de mídia.



 
 
5 - Coordenação
 
Para quem atua em cargos de liderança, a coordenação trata-se de uma competência crítica. Aspectos ligados à colaboração e facilitação de processos são as principais qualidades que especialistas apostam como obrigatórias nos gestores do futuro.



 
 
6 - Inteligência Emocional
 
A gestão das emoções é fundamental aos profissionais, uma vez que a inteligência artificial passa longe dos aspectos da inteligência emocional. Entre as características do profissional que tem inteligência emocional estão: saber ouvir, estar disposto à ajudar e ter autocontrole das próprias emoções.  



 
 
7 - Capacidade de julgamento e de tomada de decisão
 
Profissionais hábeis em analisar dados e tomar decisões se destacam no mercado de trabalho e tendem a ser ainda mais valorizados até 2020. A habilidade foi a oitava mais demandada na lista de previsões para 2015 e subiu para a sétima posição do ranking. Um bom líder é aquele que saberá tomar as decisões certas em ambientes de alta complexidade.


 
 
 
8 - Orientação para servir

A dedicação em ajudar os outros perdeu uma posição no ranking das habilidades com mais demandas do mercado de 2015 para 2020. Porém, ainda é vista como uma competência indispensável ao trabalho em equipe.



 
 
9 - Negociação
 
A habilidade de negociação é importante para todos os profissionais. Mas o relatório destaca os setores de computação, matemática, artes e design como os que mais vão exigir bons profissionais negociadores até 2020.


 
 
10 - Flexibilidade cognitiva

A flexibilidade cognitiva é a capacidade de desenvolver ou usar diferentes conjuntos de regras para combinar as coisas de diferentes maneiras. Os setores que mais vão exigir essa capacidade são bens de consumo, comunicação e tecnologia da informação.
 
 
 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar