E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Como aumentar sua autoestima e focar em suas metas

19/02/2015 Por: Editorial Dom Bosco


Um desiquilíbrio emocional pode acabar com sua produtividade e, consequentemente, arruinar seu foco e deixar suas metas cada vez mais distantes. Acontece que quando estamos desestruturados emocionalmente, fica difícil manter a autoestima e encontrar energias para alcançar nossos objetivos.
 
Na Psicologia, o termo autoestima foi usado pela primeira vez por Willian James em 1892, ao descrever a sensação geral que uma pessoa apresenta em relação ao seu valor pessoal.
 
Acontece que, durante as nossas rotinas diárias, a mente é especializada em procurar todos o tipos de coisas ou situações que fizemos mal e certificar-se que estamos conscientes disso. Segundo alguns teóricos, a autoestima é semelhante a um traço de personalidade, o que significa dizer que ela tenderia a ser estável e duradoura. Assim, a autoestima pode envolver uma variedade de crenças que incluem a opinião da própria aparência, das necessidades que eu tenho, das minhas emoções e, finalmente, de meus comportamentos.
 
Portanto, não é segredo que pessoas com a autoestima elevada, promovem a capacidade para serem felizes, aumentam o seu bem-estar e consequentemente a produtividade nas suas vidas.
 
Mas como podemos dar a volta por cima, voltar a acreditar em nós mesmos e viver de forma menos ansiosa e mais objetiva?
 
 
 
Como podemos elevar nossa Autoestima?
Para construir uma boa autoestima é necessário estar no controle da própria vida. Lembre-se que cada minuto que temos é um momento para fazer algo para melhorar, ou seja, se você adiou algum compromisso ou tarefa importante, não se martirize por isso, pelo contrário, mude seu foco para o momento presente e o que você pode fazer para resolver aquela questão.
 
O segredo é não se cobrar muito, portanto, comece com pequenos objetivos e vá aumentando sua perspectiva conforme vai melhorando seu foco. Com pequenos êxitos, construímos o impulso para ganhar mais confiança nas nossas capacidades. Cada tarefa completada, independentemente de quão pequena seja, é um passo importante na construção da sua confiança.
 
Projete
Use o poder da sua imaginação. Crie uma imagem de si mesmo como sendo uma pessoa confiante em que você aspira ser. Quando você é essa pessoa, como você se sente? Como os outros o percebem? Qual é a linguagem corporal que utiliza? Como é que você fala?
 
Construir um plano e ter um objetivo é muito importante para quem quer ser feliz em sua carreira profissional e, principalmente, quando temos que nos dedicar aos estudos. Tenha em mente que tudo ficará mais difícil sem essa projeção, a vontade de seguir em frente e ser uma pessoa melhor.
 
A autoestima vem do domínio de si mesmo. Quanto mais coisas você se propuser, quanto mais coisas for conseguindo realizar (mesmo as pequenas coisas), mais confiança terá.
Então, porque não começar a focar em sua carreira iniciando uma pós graduação? Existem diversos cursos on-line que vão se encaixar perfeitamente em sua rotina e em seus objetivos.
 
Com informações Escola Psicologia. 


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar