E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Empresas: Como fechar parcerias estratégicas

20/12/2018 Por: Editorial Dom Bosco
 fechar parcerias estratégicas


Quer aumentar suas vendas? Conseguir mais espaço no mercado? Fortalecer seu posicionamento? Ampliar seu campo de atuação? Outro objetivo? Fique sabendo que uma parceria entre empresas pode te ajudar a alcançar essas metas. No entanto, aqui não estamos falando de conseguir fechar qualquer parceria, mas de fechar parcerias estratégicas.


Que a união faz a força, todo mundo já sabe; porém, é um engano acreditar que só empresas de grande porte podem ser ótimas aliadas para o seu negócio. Muitas vezes, os negócios de pequeno porte podem ser muito mais rentáveis. Então, surge a dúvida: como fechar parcerias estratégicas para fazer a sua empresa brilhar?


Vamos por partes:



  • Necessidades da empresa

Identificar o que você deseja ganhar com a parceria, é o primeiro item antes de começar a avaliar os parceiros relevantes para o negócio. Ao entender as carências, fica mais fácil identificar quem pode acrescentar ao seu negócio.



  • “Tampa da panela”

Reavalie quem está ativo no mercado que pode agregar aos seus serviços, oferecendo algo que você não possui. Nesse estágio é interessante avaliar quem sua empresa considera concorrente, porque pode ser que o oponente seja mais um aliado que uma ameaça.



  • Avalie todos os pontos

Toda atitude agrega ou tira, então, é indispensável avaliar o que a parceria irá oferecer e exigir em troca. Para que não surjam surpresas posteriores e o interesse de quebrar o acordo aconteça, considere racionalmente todos os pontos positivos e negativos.  



  • Formalize todos os acordos

Não se iluda com a simpatia do parceiro e acredite que fechar o negócio apenas no “boca-boca” está ótimo. Para evitar arrependimentos, problemas de relacionamento (ou de justiça), formalize todos os combinados de forma impressa e por e-mails.


  • Tempo de colheita

Parcerias levam um certo tempo para começarem a oferecer resultados; não fique triste se em uma semana os resultados não forem sentidos, porque isso é totalmente normal. Mas, é seu dever estabelecer um prazo razoável para conseguir interpretar os resultados.


  • Mensure os resultados

O tempo estabelecido para a parceria venceu? Então, agora é o momento de analisar os dados. Para que sua empresa não precise carregar uma parceria desnecessária, ao compor o contrato estabeleça um prazo de teste e renove o acordo apenas se for conveniente.



Ao escolher parceiros empresariais, procure avaliar também qual o comportamento que representam no mercado, como tratam o público e qual a “estabilidade emocional da empresa” - organizações muito polêmicas podem ser um risco. Comumente empresas que fecham acordos com pessoas públicas e empresas polêmicas, acabam se envolvendo em situações delicadas que poderiam ter sido evitadas com uma pesquisa mais aprofundada de mercado.


Parcerias comerciais são semelhantes a um casamento, que caso não funcione, prejudica todos os envolvidos. Após fechar o acordo acompanhe todos os passos da sua mais nova aliada, pois, só assim é possível conseguir evitar que problemas alheios prejudiquem a sua marca e tirar o máximo de proveito com a aliança.

 

pos gestao administracao 

E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

x
Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar