E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Conheça o perfil do gestor requisitado pelo mercado de trabalho

09/09/2016 Por: Editorial Dom Bosco

Perfil do gestor requisitado pelo mercado de trabalho

Boa parte dos profissionais almeja um dia alcançar a posição de gestor, mas como conquistar esse objetivo? E qual o perfil do gestor requisitado pelas empresas? Cada situação exige características diferentes e próprias da empresa, conforme explica Ricardo Barbosa, diretor executivo da Innovia Training & Consulting.


No entanto, existem alguns aspectos imprescindíveis como a capacidade de se adaptar às diferentes situações e demonstrar entusiasmo pelo trabalho. Descubra, o perfil do gestor requisitado pelo mercado de trabalho:


 
Iniciativa
Demonstrar iniciativa e proatividade em qualquer empresa proporcionam destaque e o quanto o profissional tem entusiasmo para alcançar melhores resultados. Além disso, um bom gestor de empresas não se preocupa apenas com os seus funcionários, mas também com todos os concorrentes que atuam no mesmo setor de sua empresa, afirma Ricardo.

 
 
Resolver conflitos
Mediar e resolver conflitos são atitudes imprescindíveis de bons gestores, e a explicação para isso é a valorização da resiliência pelas empresas. Barbosa aconselha adotar uma postura racional diante dos problemas com a equipe, sempre evitando reações que prejudiquem o clima de trabalho.

 
 
Capacidade de reter profissionais
Mais do que manter bons profissionais na equipe, é preciso saber cativá-los, dá-los segurança e motivo para que eles queiram continuar no projeto. Para isso, o gestor deve ter perfil entusiasta e incentivador para que os seus colaboradores desejem aprender cada vez mais com ele e com os projetos realizados pela empresa.  

 
 
Autoconhecimento
Uma das características mais importantes do gestor é saber guiar a si mesmo, e, para isso, o profissional deve praticar o autoconhecimento. Faz parte do autoconhecimento saber gerenciar as próprias emoções, deixar de lado a insegurança, a ansiedade e o estresse, no momento em que eles se tornam um obstáculo.

 
 
Saber delegar
Um gestor tem como papel gerenciar as ações, e se ficar se dedicando aos detalhes operacionais perderá tempo e, principalmente, não estará preparado para sua real função, conta Ricardo. O gestor não pode entregar todo o processo nas mãos da equipe, por mais competente que ela seja. Ele deve estar sempre à frente, criar métodos que possibilitem a viabilidade de todos os projetos em andamento, além de medir os resultados.

 
 
Capacidade de inovação
Ricardo ressalta a importância do gestor estar atento às inovações e às transformações do mundo e do mercado. Isso é importante para ele saber aplicar essas inovações nos processos da empresa levando a um retorno imediato.

 
 
Bom relacionamento
Geralmente, um gestor participa de um conjunto, onde existem outros gestores e outras equipes. A capacidade de criar boas relações é o que diferencia um líder, pois é isso o que comprova a sua capacidade de criar vínculos, assim como a capacidade de ouvir os colaboradores, o que possibilita agir de maneira coerente com princípios compartilhados.
 
 
 
Com informações de Catho
 
 

E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades


 
 
 


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

x
Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar