E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Dia da internet - A tecnologia que revolucionou o ensino a distância

16/05/2015 Por: Vanessa Cagliari
Dia da internet – A tecnologia que revolucionou o ensino a distância

A vantagem de se conectar com pessoas do mundo inteiro, enviar mensagens com rapidez através de grandes distâncias e ter acesso à educação e a qualquer informação são algumas das facilidades e revoluções que a internet proporcionou. Desde 2006 é comemorado, no dia 17 de maio, o Dia Mundial da Internet, data que marca as transformações que essa tecnologia proporcionou para a comunicação.


 
A data foi criada em 1865 pela UIT - União Internacional de Telecomunicações, agência especializada da ONU, no mesmo dia de sua criação, que antes era intitulada de União Internacional de Telegrafia, instituição que regulava normas para o uso internacional do telégrafo. Por conta da criação da UIT, o Dia das Telecomunicações e da Sociedade da Informação também é comemorado nesse dia para incentivar ações que promovam a inclusão digital e a segurança na internet.


 
 
Um breve histórico da Internet dá conta de que a rede mundial de computadores surgiu durante a Guerra Fria e seria usada para estratégias militares. Nas décadas de 1970 e 1980, a Internet passou a ser um importante meio de comunicação acadêmico para professore e estudantes universitários, sendo que, especificamente, nos Estados Unidos, era comum a troca de mensagens e ideias pelas linhas da rede mundial.



 
A Internet começou a alcançar a população em geral apenas em 1990, ano em que o engenheiro inglês Tim Bernes-Lee criou a World Wide Web, o que possibilitou a criação de sites mais dinâmicos e com designers interessantes. A partir deste momento, a Internet cresceu em ritmo acelerado e passou a ser a maior criação tecnológica, depois da televisão.


 
De acordo com as estimativas do Ibope NetRatings, o Brasil é o 5º país mais conectado na rede, com registro de 79,9 milhões de internautas. Desse número, estima-se que 38% das pessoas acessam a web todos os dias. Outro levantamento da Fundação Getúlio Vargas revela que existem 60 milhões de computadores em uso no Brasil.


 

Atualmente, a rede mundial de computadores é uma fermenta essencial para  estudar, trabalhar, se divertir e se informar. Pessoas do mundo inteiro têm a possibilidade de se comunicar em tempo real com as novidades e pessoas, por isso a presença física se torna quase que indispensável, poupando dinheiro, tempo e investimento nos deslocamentos do cotidiano. A educação foi uma das beneficiadas com a criação da internet por meio da criação do ensino EAD (à distância) classificada como o futuro da educação, em que é possível ingressar em vários cursos de especialização para formação direcionada ao mercado de trabalho.



 
Apesar de parecer recente, o ensino a distância já existe desde 1881 e surgiu na Universidade de Chicago, Estados Unidos, que oferecia um curso da língua hebraica por correspondência. Além disso, no início do século 20 foram desenvolvidas produções de filmes educacionais e também transmissões radiofônicas, todas nos Estados Unidos.



 
Essa prática só chegou 1937 no Brasil com a fundação do Serviço de Radiodifusão Educativa, do Ministério da Educação (MEC). Acompanhadas por material impresso, o objetivo dessa prática era trazer aulas transmitidas pelo rádio. O surgimento do ensino EAD representou uma alternativa encontrada pelo governo federal para diminuir o analfabetismo e a internet revolucionou a educação e o ensino a distância, tornando-o muito mais rápido e eficiente. A grande vantagem dos cursos online é atender pessoas que dificilmente conseguiriam concluir uma graduação por conta da dificuldade de acesso e da falta de tempo.



 
A falta de regulamentação por parte do governo era um dos preconceitos relacionados aos cursos a distância, o que foi modificado em 1998, por decreto presidencial. Em 1999 surgiram os primeiros cursos superiores reconhecidos por lei e, atualmente, 215 cursos online são reconhecidos pelo MEC e a maior procura é pelos cursos supletivos do ensino médio.



 
O Dom Interativo tem a intenção de colaborar com a formação de muitos profissionais que pretendem evoluir em sua área de atuação no mercado de trabalho. Por isso, desenvolveu cursos online de pós-graduação e MBA que se ajustam ao seu tempo e às suas necessidades. Confira um de nossos cursos.
 
 


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar