E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Dicas para se tornar um líder mais efetivo e motivador

10/06/2016 Por: Editorial Dom Bosco

Dicas para se tornar um líder mais efetivo e motivador

Um dos principais objetivos dos profissionais é encontrar uma forma de ser mais efetivo e produtivo no trabalho. Para Jack Zenger e Joseph Folkman, respectivamente CEO e presidente da Zenger/Folkman, uma consultoria de desenvolvimento de liderança em empresas, a efetividade na execução de um trabalho é a habilidade mais importante de um profissional.

 
 
"Reconhecemos que há muitas partes de um trabalho que são importantes, mas se você quiser avançar em sua carreira, pode ser hora de duplicar a quantidade de tarefas realizadas - é o que seu chefe quer ver", contam.

 
 
Jack e Joseph ressaltam que boa parte dos líderes sabe que ainda têm muito a fazer e que os profissionais lentos raramente são promovidas a cargos de alta gerência. Os gerentes que conhecemos já trabalham duro, mas sabem que essa não é uma opção viável, e, em um curto prazo de tempo, esses líderes entram em colapso e se levam suas equipes para o mesmo caminho, os integrantes logo desistem.

 
 
A partir de várias avaliações de desempenho, os autores encontraram quatro comportamentos do líder que ajudam a tornar mais efetiva a execução de projetos de trabalho da equipe.

 
 
Defina prazos e metas de crescimento
Estabelecer metas de crescimento ajuda a equipe a alcançar seus objetivos e gera um maior engajamento. Para os especialistas, para um líder motivar os funcionários de uma organização, é necessário alinhar prazos e objetivos.


Se você é resistente em relação à definição de metas para o seu time, comece fazendo perguntas como: "o que seria necessário para que a meta seja alcançada?". "Descobrimos que, desafiando sua equipe e apoiá-la na realização de uma meta difícil, ela se sente mais engajada e satisfeita", contam.

 
 
 
Seja claro e metódico
De acordo com Jack e Joseph, os profissionais quem são ativos e ansiosos tendem a abraçar tarefas e tomar medidas antes de se organizar, criar um planejamento ou conectar suas ações com a estratégia da empresa.


Ter disciplina para organizar a equipe, reunir recursos e só então desenvolver um plano ajuda no comprometimento dos profissionais e melhora a execução das tarefas, uma vez que cada um saberá o que deve fazer. O direcionamento ajuda as pessoas a entenderem como devem fazer o trabalho e a desenvolverem um sentimento de ligação com a estratégia da empresa.

 
 
 
Dê mais feedback
Líderes que são grandes engajadores sabem dar feedback, especificamente aqueles que entregam um feedback crítico, que ouvem e entendem as perspectivas dos seus funcionários, ao invés de simplesmente dar uma notícia difícil e terminar a conversa rapidamente, segundo Zenger e Folkman.

 
 
 
Resolva o conflito e construa uma equipe unida
Uma equipe unida é um elemento importante na boa execução do trabalho, pois o líder vai se preocupar somente em resolver conflitos. Isso porque muitos dos problemas vêm das diferenças entre os membros do time. Em equipes de alto desempenho, as pessoas confiam uns nos outros e o conflito é construtivo.



"Definir metas de crescimento - depois de traçar processos claros e construir a confiança, por exemplo - irá ajudar você a executar com mais eficiência. Mas você também pode precisar dar aos seus colegas e chefes mais provas da sua velocidade, como, por exemplo, uma maior transparência sobre o número de projetos você está trabalhando e seu desenvolvimento", concluem Jack e Joseph.

 
 
>Saiba mais: MBA é requisito para conquistar cargo de liderança, afirma especialista.
 
 


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar