E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

E-commerce deve movimentar R$ 81,3 bilhões em 2015

01/06/2015 Por: Editorial Dom Bosco
E-commerce deve movimentar R$ 81,3 bilhões em 2015

As compras online fazem parte da rotina e do hábito dos consumidores brasileiros há alguns anos e o ano de 2015 promete ser o ano da virada. A plataforma de pagamento, PayPal, projetou que o faturamento do e-commerce brasileiro pode chegar a R$81,3 bilhões neste ano, número 17% maior em relação ao ano passado. A estimativa representa não só as vendas das lojas online do Brasil, mas também as compras feitas em lojas estrangeiras. Por isso, o balanço da PayPal é superior previsto pela E-bit, empresa especializada em informações do setor, que prevê faturamento de R$ 43 bilhões para o comércio eletrônico nacional.


 
Em 2014, o setor movimentou R$ 35,8 bilhões, somando 103,4 milhões de encomendas, com um tíquete médio de compra de R$347,00, de acordo com a E-bit. Já em 2016, o ritmo de crescimento deverá se manter e o e-commerce poderá movimentar R$ 92,9 bilhões. As informações são da pesquisa "Perfil do E-Commerce no Brasil", encomendado à empresa Big Data.  



A previsão também é otimista para o m-commerce com aumento das vendas de tablets e smartphones, segundo o IDC Brasil, empresa de mercado e consultoria. Em agosto de 2014, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) registrou a marca de 4,16 milhões de usuários da tecnologia 4G e a expectativa é que cresça o número de usuários de dispositivos móveis, ampliando a níveis exponenciais as vendas pela Internet.


 
Outro fator que deverá facilitar a mobilidade em território nacional em 2015 é o crescimento das indústrias de telecomunicações e de tecnologia da Informação no Brasil, de cerca de 5%, movimentando US$165,6 bilhões. Segundo o IDC Brasil, o setor das telecomunicações deverá registrar US$104 milhões em receita, desse total. O PayPal começou a atuar no Brasil em setembro de 2013 e registra, atualmente, 3 milhões de contas ativas, 200 mil a mais do que em novembro de 2014. Desse total, 90 mil são comerciantes que usam seu serviço, sendo que mais da metade é formado por pequenos e médios empreendedores.


 
O estudo mostrou também que o comércio online no Brasil é formado por 450 mil sites dedicados ao e-commerce. Deste total, 81% são mantidos por pequenos e médios empreendedores e 85% não possuem loja física, isto é, atuam apenas na internet. Dos sites, 40% já usam algum tipo de intermediador de pagamentos ou de uma carteira virtual como o PayPal.


 
Conheça o curso de MBA em Gestão de Marketing e Varejo do Dom Interativo. O curso oferece conhecimentos e técnicas requisitadas pelas empresas. Clique aqui e experimente nossa metodologia, gratuitamente, por 7 dias.
 


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar