E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Estilos musicais que podem ajudar sua memorização

16/12/2014 Por: Editorial Dom Bosco


A música, além de ser uma forma de arte, pode te ajudar nos estudos, principalmente, na área de memorização.  A ciência explica que o simples fato de ouvir música já ativa áreas de seu cérebro ligados em funções lógicas, como na resolução de equações matemáticas complicadas.


 
Acontece que as vibrações sonoras penetram nossos ouvidos, provocando movimentação nas células ciliares que variam de acordo com a frequência das ondas. Esses estímulos sonoros seguem pelo nervo auditivo até o lobo temporal, onde está localizado o senso de percepção musical. Ao ativar esse lado do cérebro, indiretamente, ativamos as áreas ligadas em volta relacionadas à memória, áreas que integram o chamado “cérebro primitivo” que são responsáveis pela regulação motora e emoções, além disso, também ativamos à região relacionada ao bem-estar. Por isso nos sentimos bem quando ouvimos uma boa música.



 
Além disso, um experimento em Los Angeles – EUA, revelou que alunos aumentaram em 34% suas habilidades de raciocínio espaço-temporal, após receberem aulas de teclado. Entretanto, nem todo tipo de música é boa para ouvir quando estamos estudando. Então, quais músicas ouvir?



 
Clássica

Um experimento realizado pelo professor francês Rauscher, concluiu que ouvir músicas de Wolfgang Amadeus Mozart induzia o relaxamento e aumento de QI. O resultado foi batizado de “Efeito Mozart”. Os pesquisadores acreditam que esse tipo de música libera substâncias químicas no cérebro que afetam os neurônios de uma forma que ajudam a relaxar o corpo, fazendo com que os alunos memorizem as informações com mais eficácia.
 
 
 
 
Música Barroca

Na década de 50, uma pesquisa feita pelo psicólogo George Lozanov concluiu que a incorporação de música clássica do período barroco, que possuíam um ritmo de 60 batidas por minuto, ajudava os estudantes a aprender novas línguas. Esse método ajudou os alunos a aprender um novo vocabulários com o dobro de eficiência e uma eficiência de 85%. Além disso, foram capazes de recordar das informações depois de quatro anos sem rever o conteúdo. Para você que tem dificuldades em memorização, pode ser a solução que precisava.




 
Música Ambiente

Se você tem dificuldade em estudar em silêncio absoluto, poderá optar por sons ambientes. Existem muitas “playlists” na internet com barulho de chuva, cachoeira, passarinhos, floretas, entre outros. Uma pesquisa da Universidade do Texas demonstrou que estudantes que estudavam ao ouvir a música “Water Sounds” de George Frideric Handel, obtiveram melhores resultados comparados com os estudantes que não ouviram nenhum tipo de som.


 
Com informações de Terra





Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar