E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Gestor tributário tem papel essencial na administração de finanças corporativas

31/03/2016 Por: Vanessa Cagliari

Gestor tributário tem papel essencial na administração de finanças corporativas

As questões que envolvem os tributos de uma empresa são cada vez mais difíceis e complexas de ser resolvidas, principalmente depois do ajuste fiscal imposto pelo Governo Federal. No entanto, esse cenário tem se mostrado favorável ao mercado de trabalho do setor que apresenta muitas oportunidades para o profissional que domina técnicas de administração de tributos em organizações empresariais.
 
 
 
O gestor tributário atua na área de controle e gestão dos tributos de uma empresa de forma a diminuir os riscos fiscais para seus investimentos e, para isso, ele deve ter um perfil profissional multifacetado, com conhecimentos em governança tributária, finanças corporativas, contabilidade e gestão de riscos e processos. Segundo Ana Claudia Akie Utumi, professora de gestão tributária da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), as empresas têm investindo cada vez mais nessa área, porque o descontrole do pagamento dos tributos sai muito caro. "Toda vez que há alta dos impostos, como atualmente, empresas que ainda não têm gestores tributários colocam a questão na pauta do seu setor estratégico, com objetivo de otimizar a carga", explica a especialista.


 
 
Liderar a equipe responsável pela parte contábil e fazer a apuração tributária da empresa são algumas das atribuições do profissional que pode ganhar salário inicial de R$ 11 mil, segundo a Catho Online. Entre outras funções do cargo estão: acompanhar a legislação dos impostos diretos e indiretos, fazer o cálculo de impostos, conciliar todas as contas, criar planilhas de controle, saber qual foi o percentual de perdas e ganhos no processo de produção; saber se a produção se destina ao mercado interno ou externo, entre outras.

 
 
Para se especializar na área, não é preciso ter uma formação específica. Formados em administração de empresas, economia, direito e contabilidade podem exercer o cargo, contanto que tenham algum curso de especialização no currículo. "O gestor tributário precisa entender do negócio no qual ele está inserido, o conceito do que está por trás e as nuances daquela empresa. A cada nova legislação tem que reaprender tudo de novo. O cargo não tem rotina, cada dia há um desafio diferente", afirma Ana Claudia.

 
 
Quer investir na carreira de gestor tributário? Então conheça os cursos online de MBA em Gestão Contábil e MBA em Finanças Corporativas que oferecem todo o conhecimento necessário para dominar estratégias de gestão tributária em empresas.
 
 


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar