E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Google favorece sites mobile e muda algoritmos

27/04/2015 Por: Vanessa Cagliari
Google favorece sites mobile e muda algoritmos

O Google alterou seu algoritmo de buscas na internet e, a partir de agora, as pesquisas realizadas em tablets e smartphones trarão somente os sites que estão adaptados para a versão mobile, ou seja, sites com versão para celular começarão a aparecer em posições mais altas na versão mobile do Google. Essas pesquisas correspondem a 60% do total de consultas feitas no site de buscas.

 
A medida pode causar prejuízo à muitas pequenas empresas que ainda não criaram sites adaptados e, inevitavelmente, vão perder audiência por não aparecem nos resultados de busca. Veja a nota divulgada pelo Google em fevereiro:
 
 
"Começando em 21 de abril, nós estaremos expandindo nossa interface amigável de celulares como um fator de ranking. Essa mudança afetará as buscas em mobile em todas as línguas ao redor do mundo e terá um impacto significativo nos nossos resultados de busca. Consequentemente, usuários acharão mais fácil encontrar resultados relevantes e de alta qualidade que são otimizados para os seus devices".


 
Para aqueles que ainda não possuem sites com as novas regras, o Google criou um aplicativo online em que é possível verificar se o site seria considerado mobile-friendly, além de ter desenvolvido ferramentas que ajudam o site a se adaptar ao formato mobile. Clique aqui e confira.

 
 
"Enquanto a mudança para mobile-friendly é importante, nós ainda utilizamos vários sinais para ranquear resultados de pesquisa. O conteúdo ainda é um fator importante – então, se a página tiver um bom conteúdo mas não for mobile-friendly ela ainda aparecerá bem ranqueada".



O principal objetivo do Google em realizar a mudança é fazer com que mais empresas criem sites mobile-friendly, uma vez que, uma grande parcela dos usuários de internet em tabletes e smartphones está usando o site de busca do Google, e esses usuários querem que a experiência no mobile seja tão boa quanto no desktop. Se o Google direciona a sites que não funcionam bem na versão mobile, significa que o buscador não é tão bom no mobile, tornando a empresa vulnerável.
 
 
 
Os principais fatores que prejudicam os sites não adaptados são o tamanho dos textos, o redimensionamento do site para se adaptar a telas menores e a facilidade de acesso a links e cliques, segundo o Google. No site de testes do Google há um passo a passo sobre como tornar um site responsivo e uma documentação de apoio.
 
 
Com informações de Meio & Mensagem
 
 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar