E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Marketing 2.0: estabelecendo um relacionamento com o cliente

31/10/2014 Por: Editorial Dom Bosco


O conceito de Marketing foi introduzido no século passado e é basicamente estudar o mercado e o comportamento do consumidor. O profissional de Marketing entende como a concorrência se comporta e apresenta ideias e soluções para introduzir novos segmentos no mercado onde a empresa pode vender seus bens e serviços.

Antigamente, esse trabalho era feito por meios de comunicação de uma única via, como, por exemplo: a televisão. Há uns anos, a família se reunia em volta da TV e a empresa conseguia transmitir suas ideias e produtos por propagandas.

Diferente do Marketing 1.0 em que o objetivo é apenas vender os produtos, desenvolve-los e interagir de forma massiva com o cliente, no Marketing 2.0 se destaca a satisfação do consumidor, a diferenciação dos produtos e o relacionamento de um para um.

Hoje, com o avanço da tecnologia, da rede (que conhecemos como web 2.0) e, principalmente, dos celulares, smartphones e tablets com acesso à internet móvel, mudou a forma como os profissionais de marketing devem se posicionar perante o cliente.

Afinal de contas, hoje o consumidor não é apenas um receptor de informação. Ele recebe a informação, entende, se manifesta nas redes sociais ou produz suas próprias opiniões em blogs ou vídeos. Em outras palavras, eles se tornam formadores de opiniões com seguidores, podendo chegar até aos status de webcelebridades.


Antonio Mafra, especialista em e-commerce e social media, explica em uma de suas palestras: “Estamos presenciando, nesta época, o maior crescimento da capacidade humana de se expressar, ou seja, é a informação rodando o tempo todo. Vamos consumindo a informação e dando ao mesmo tempo e, quase, em tempo real. Ou seja, todas essas experiências que tínhamos antes, migraram para a internet

Esses avanços são vantajosos quando pensamos que para conhecer o cliente não precisamos mais demorados e caríssimos estudos de mercado, hoje, através dos Adwords, Facebook ou Twitter é possível conhecer o público mais facilmente.

Por esse motivo, empresas investem cada vez mais em tecnologia e profissionais que saibam lidar com essas novas ferramentas.

Por outro lado, Mafra explica que algumas empresas investem muito na parte técnica e esquece o que é mais importante: o relacionamento com o cliente.

“Acredito que já passou da hora de, realmente, colocarmos o cliente, seja ele qual for, no plano de nossas ações. As estratégias do mix de marketing devem conter exatamente a “relação humana” como um dos fatores de sucesso.” Explica em um de seus textos.


Antônio acrescenta, ainda que, hoje, as pessoas têm baixa receptividade sobre a propaganda, porque atualmente os consumidores fazem parte de uma comunidade altamente criativa, participativa e criam canais com alta audiência.

E o que os profissionais da área devem fazer?
De acordo com o profissional, as empresas se preocupam demasiadamente com a busca de controle, fãs, curtidas, views e conversão. Ele ressalta que, as vezes, as organizações esquecem que, no fundo, as pessoas apenas gostam de ouvir, contar e apoiar boas história.

Essa é uma característica que faz parte da condição humana, portanto, é necessário entender o consumidor, ouvir o que ele está dizendo e estabelecer uma relação humana. Com base desse vínculo, fica mais fácil propor ideias e soluções para suas histórias e problemas.


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar