E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Quais são os clássicos da Literatura Brasileira

19/12/2018 Por: Editorial Dom Bosco
 classicos da literatura


Para quem gosta de ler e deseja conhecer bons livros, fique sabendo que o Brasil tem muito a oferecer. Neste post, fizemos uma lista com os principais clássicos da literatura brasileira, para que você possa preencher seu tempo com ótimas leituras nacionais.



Graciliano Ramos: Vidas Secas (1938)

Vidas Secas retrata a vida de uma família de retirantes sertaneja, que perambulam pelas terras do sertão em busca de condições melhores, distante da seca e miséria que assola a região. Trabalhando traços fortes na personalidade de cada um dos personagens, Graciliano Ramos nos deixa uma bela herança literária com esta a obra, que faz o leitor se apegar a simplicidade que envolve a narrativa.  



Clarice Lispector: A Hora da Estrela (1977)

Com uma escrita trágica e ao mesmo tempo cômica, Clarice Lispector enriqueceu a literatura brasileira com suas obras, sendo a Hora da Estrela um desses marcos. Esse clássico da literatura apresenta ao leitor Macabéa, uma moça ingênua que vem do nordeste para o Rio de Janeiro, se expondo às maldades e malícias de quem não se interessa por sua aparência e tão pouco, não enxerga chances de ascensão social na moça.



Aluísio de Azevedo: O Mulato (1881)

Raimundo é filho bastardo de José Pedro da Silva, um fazendeiro e comerciante português. Para afastar seu filho do cenário conturbado causado pela relação extraconjugal com uma escrava, José envia o menino para viver com seu irmão Manuel. Após crescer e ser enviado a Portugal para cursar Direito, o rapaz volta para reencontrar seu tio e se apaixona por Ana Rosa, sua prima. No entanto, a mão da moça não é concedida ao rapaz, o qual acredita que o motivo seja a cor negra de sua pele.



Machado de Assis: A Cartomante (1884)

Machado de Assis na obra A Cartomante, apresenta Camilo e Rita, dois amantes que por circunstâncias da vida, se recusam a viver abertamente o romance. O problema que barra a liberdade dos amantes é o casamento de Rita com o melhor amigo de Camilo: Villela. No entanto, após encontrarem uma cartomante labiosa e que usa o interesse dos clientes para contar mentiras, o destino de ambos passa a mudar e apresentar um novo contexto de liberdade e dúvida.



Aluísio de Azevedo: O Cortiço (1890)

A história dos comerciantes João Romão e Miranda ganham destaque na obra, que retrata a disputa financeira de ambos, que com o passar do tempo, passam a ver conveniências na relação. Dono de um cortiço, Romão passa a fazer investimentos diferenciados para conseguir sobrepor seu sucesso ao do concorrente Miranda. Fora a história envolvente dos personagens principais, esse clássico da literatura apresenta a vida dos outros moradores do cortiço, que sempre acabam se atrelando - especialmente pela fofoca.



Para quem se interessa e deseja se especializar na
literatura brasileira, a Unidombosco oferece a Pós-Graduação em Literatura Brasileira. Conheça!




E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades



Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar