E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Os erros mais graves em entrevistas de emprego, segundo recrutadores

28/01/2016 Por: Editorial Dom Bosco
Os erros mais graves em entrevistas de emprego, segundo recrutadores

A primeira impressão exerce grande impacto em uma entrevista de emprego, uma vez que um candidato que não conseguiu conquistar a confiança e a simpatia do recrutador e não demonstrou bom comportamento, dificilmente terá uma segunda oportunidade para "vender seu peixe". Um estudo da empresa CareerBuilder revelou que 49% dos recrutadores sabem se vão aceitar um candidato logo nos primeiros cinco minutos de conversa, e 90% deles já tomam sua decisão em até 15 minutos.


 
 
A linguagem corporal e os gestos do entrevistado são os principais meios utilizados pelos recrutadores para fazerem esses julgamentos tão rápidos, uma vez que, para eles, esses gestos não verbais são os que mais revelam características como confiança, nervosismo e insegurança. Veja o ranking dos 10 erros mais graves em entrevistas de emprego, segundo a pesquisa:


 
1 - Não fazer contato visual (65%)

2 - Não sorrir (36%)

3 - Mexer com coisas em cima da mesa (33%)

4 - Má postura (30%)

5 - Se mexer muito na cadeira (29%)

6 - Cruzar os braços sobre o peito (26%)

7 - Mexer muito no cabelo ou rosto (25%)

8 - Dar um aperto de mão fraco (22%)

9 - Fazer muitos gestos com a mão (11%)

10 - Dar um aperto de mão muito forte (7%)
 

 
De acordo com os entrevistados, para se sair bem em entrevistas de emprego é necessário se preparar praticando suas habilidades em casa simulando como seria a entrevista para ter mais segurança. Além disso, também é importante não ser muito artificial, relaxar, ser natural e ponderado.
 
 
   

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar