E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Pesquisa revela hábitos dos consumidores de pacotes de viagens

02/10/2015 Por: Vanessa Cagliari
Pesquisa revela hábitos do consumidor de pacotes de viagens

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), por meio de seu Conselho Executivo de Viagens e Eventos Corporativos (CEVEC), produziu um levantamento sobre os hábitos de consumo na internet com foco no setor de viagens. A pesquisa foi intitulada de "Comportamento dos Usuários na Internet" e contou com a participação de mil pessoas da cidade de São Paulo, apontando que 69,8% dos consumidores planejam viagens pela internet no caso de destinos para lazer.


 
A análise revelou também que os jovens são os que mais usam a web: 71,5% dos entrevistados entre 18 e 34 anos afirmaram consultar a internet para planejar ou comprar pacotes de viagens. Já em relação à procura de viagens de negócios, somente 36,3% dos participantes disseram utilizar a web. Segundo a federação, isso ocorre porque, não é o viajante corporativo que compra a própria passagem, e sim a instituição a que está ligado, em grande parte dos casos.


 
Entre os entrevistados que usam a internet como fonte de pesquisa para viagens em São Paulo, 57,2% alegaram que concluem a compra pelo site da empresa de viagens. Os demais escolheram comprar em agências de viagens (29%) e em lojas (10,9%). Em relação às vantagens citadas pelos entrevistados estão os preços acessíveis na internet (40%), e as facilidades que o portal digital oferece (36,6%).


 
O levantamento evidenciou ainda que o uso da internet para planejar viagens a lazer cresce de acordo com a escolaridade e a renda. No caso de consumidores com renda familiar acima de R$ 12 mil, 90,9% usam o serviço para planejamento e consultas. Entre os consumidores com renda familiar de até R$ 1 mil, o índice cai para 36%.


 
As diferenças entre segmentos são menos expressivas no caso das viagens corporativas. Entre os entrevistados que recebem acima de R$ 12 mil, 52,7% utilizam a internet para planejar viagens. Entre os consumidores com renda familiar de até R$ 1 mil, o índice cai para 21,1%.


 
A probabilidade de conclusão da compra no site também cresce com a renda. Entre os entrevistados com renda familiar de até R$ 1 mil que consultam a web para planejar viagens, 63,9% acabam comprando o pacote em lojas ou agências de viagem. No entanto, entre os consumidores com renda familiar de mais de R$ 12 mil que pesquisam na internet para planejar viagens, 72% acabam concluindo a compra no próprio site.

 
 
Com informações de E-commerce Brasil

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar