E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Pesquisa revela o comportamento e a experiência do consumidor no e-commerce brasileiro

09/11/2015 Por: Vanessa Cagliari
Pesquisa revela o comportamento e a experiência do consumidor no e-commerce brasileiro

 
O consumidor brasileiro está bastante familiarizado com as compras online, porém a segurança do site é o fator que impede a conclusão da compra para 56% das pessoas. É o que aponta a pesquisa realizada pelo Ibope Conecta que tem o objetivo de descobrir o comportamento e as preferências do consumidor brasileiro no comércio online. Realizada em junho de 2015, a pesquisa ouviu 1012 internautas em todo o país.


 
O segundo fator mais importante é o tempo de espera do produto, com resposta de 22% dos entrevistados; em terceiro lugar está o item opções de pagamento, com 15%, seguido do formulário para preenchimento das informações pessoais.


 
 
As principais preocupações do consumidor de e-commerce são prazos de entrega, devolução de produtos e trocas, sobretudo em determinadas categorias que demandam troca, como vestuário. "O consumidor de hoje está muito mais exigente, tanto no que diz respeito à segurança quanto à conveniência. Se o prazo de entrega excede suas expectativas, isso afeta negativamente sua percepção. O mesmo acontece quando a experiência no momento da compra não é satisfatória", avalia o diretor sênior e responsável pela área de Produtos Digitais da MasterCard para o Brasil e Cone Sul, Marcelo Theodoro.


 
 
Na experiência dos consumidores, algumas ferramentas oferecem mais segurança para que eles passem seus dados pessoais durante o pagamento de uma compra online como: certificações de segurança (selo e-bit, cadeado de segurança, entre outros), liderando o ranking de preferências; a credibilidade do estabelecimento, em segundo e, em terceiro lugar, as marcas das bandeiras de cartão e/ou carteiras digitais para pagamento.


 
 
Categorias de produtos

Os produtos eletrônicos lideram o ranking das categorias mais adquiridas no e-commerce, com 77%. Em segundo lugar está vestuário (64%), eletrodomésticos (60%), cosméticos (43%), viagem e turismo (35%), e brinquedos (34%). Somente 27% da classe C consome serviços relacionados ao turismo, índice que aponta um potencial de consumo no Brasil, quando comparado às classes A e B.



 
No que diz respeito à frequência de compra, 38% dos entrevistados afirmaram comprar uma vez por mês, 21% adquirem produtos e serviços online uma vez a cada dois meses, 9% compram uma vez por semana, 8% compram de duas a três vezes por semana e 24% compram com menor frequência que as citadas. Em relação à quantidade de produtos que os consumidores compram por vez, ou seja, a média de produtos colocados no carrinho de compras, 26% inserem apenas um produto, 23%, dois produtos; 12%, três produtos; e somente 5% têm o costume de comprar acima de três produtos por vez.

 
Com informações de E-commerce Brasil
 


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar