E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Poupar e investir: como economizar dinheiro

18/12/2018 Por: Editorial Dom Bosco
 Poupar e investir dinheiro


Todo mundo sabe que para o dinheiro render é preciso investir, mas para isso é preciso poupar - e é aqui que surge o desafio. Parece algo muito complicado economizar dinheiro, no entanto, a receita é tão simples quanto uma dieta: todos sabem como fazer, o difícil é criar coragem de começar. Então, nada de procrastinar mais a saúde do seu bolso e a possibilidade de alcançar seus sonhos, comece desde já a mudar a forma de administrar sua renda.



Registre seus gastos

Para compreender como seu dinheiro está sendo usado, é preciso passar a registrar todos os gastos que você tem ao longo do mês, desde os menores até os mais significativos. Gastou R$ 2,00 em uma garrafa d’água ou comprou um novo notebook? Registre.


Quando você visualiza como está usando seu dinheiro, consegue perceber o que é necessário ou desnecessário; agora, se você continuar apenas a passar o cartão sem consultar extratos e ter consciência de quantas cédulas têm na carteira, sempre irá terminar o mês com a sensação de que o “dinheiro evaporou”.



Categorize os gastos

Todos os gastos podem ser classificados como prioridade, opcional e desnecessário. Nos gastos prioritários devem estar os custos indispensáveis, como aluguel, água, luz, supermercado, etc. Já nos demais gastos, você pode analisar o que deseja ou não investir, bem como aqueles onde seu dinheiro está apenas sendo “jogado no lixo”.


Para começar o mês seguinte bem organizado, é bom elaborar uma planilha com os custos variáveis e fixos que não podem ser adiados. Como os custos variáveis sofrem alterações e é difícil saber exatamente quanto ficarão, sempre estabeleça valores acima do esperado, para que a surpresa quando chegar a conta seja sempre positiva. Ao saber o orçamento disponível, é mais fácil fazer planos e reservar um valor para guardar.



Estabeleça alvos

Muita gente fica endividada porque estabelece alvos no momento da compra, não se programam e acabam optando pelas infindáveis parcelas no cartão de crédito e boletos bancários. Assim, é fundamental determinar com antecedência os produtos ou serviços de alto valor que se deseja comprar.


Ao estabelecer o alvo, ele deve estar acompanhado de uma data para acontecer, o que é importante para compreender o tanto de dinheiro que será preciso juntar. Fora a possibilidade de conseguir ter uma organização financeira, os alvos dão motivação para continuar a adotar um comportamento mais econômico, já que se privar de algumas coisas não tão importantes no momento vão ajudar a alcançar - ou melhor, comprar - sonhos em menos tempo.



Porquinho e poupança

Para poupar dinheiro é de grande ajuda tratar a poupança como uma responsabilidade financeira, como se fosse outra conta qualquer. Ao entender que é obrigação de salvar dinheiro, fica mais simples evitar usar o dinheiro da reserva.


A poupança deve ser sua aliada para conquistar alvos e até mesmo cooperar para aliviar possíveis enroscos repentinos: pneu do carro furado, filho gripado, telha quebrada, cachorro doente e diversos outros imprevistos. Além da poupança, há cofrinhos que ajudam a guardar quantias menores que podem se tornar valores significativos - embora muita gente não dê valor aos cinco centavos, ele também é dinheiro e deve ser reservado. Então, sobrou troco ou achou moeda no bolso? Guarde no porquinho.



Pague tudo à vista

Você considera lucrativo pagar valores altíssimos por produtos que você não liga mais, não usa ou estão velhos? Certamente não, mas é exatamente isso que você assume fazer quando parcela valores no cartão de crédito.


Cartões de crédito possuem a fama de deixar as pessoas endividadas, por diversos motivos, sendo eles: a ilusão de que a quantia é sua, longos prazos de parcela e juros altos. Fora esses pontos, ainda há o famoso “mínimo”, que só acaba por endividar ainda mais quem já está apertado financeiramente, visto que chega um ponto que a própria parcela mínima está quase o valor da dívida total. Então, evite cair no engodo dos cartões de crédito e opte por comprar apenas à vista.



Saiba como investir

Poupar dinheiro e investir são duas palavras presentes na vida de quem deseja ter uma vida financeira estável. Agora, que você já conseguiu identificar algumas dicas para economizar o salário, é importante ter a consciência de aplicar esse valor em coisas que trarão retorno, ou melhor: farão a quantia aplicada duplicar.


Uma bela forma de aplicar o dinheiro, é investir na carreira, escolhendo uma pós-graduação que você tenha interesse em fazer. Ao investir no seu currículo, fica mais fácil conseguir melhores oportunidades de trabalho e melhorar a renda. Agora, se você tem alma empreendedora, confira nosso post com algumas dicas de negócios lucrativos para investir em 2019 e começar o ano arrasando no caixa.


E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades



Notícias relacionadas

18/12/2018

Poupar e investir: como economizar dinheiro


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar