E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Qual a é melhor maneira de lidar com uma demissão

13/09/2018 Por: Editorial Dom Bosco

A demissão pode ser inevitável em alguns casos. Aprenda como superar esse momento

 
como lidar com demissão

Você está tranquilo em sua mesa, pensando nas tarefas que ainda precisa realizar e imaginando sua jornada de trabalho ao longo do dia. Um dia como qualquer outro, se não fosse o recado de seu chefe, solicitando que você vá até sua sala. E, chegando lá o inesperado ocorre: você está demitido! Por mais que existam justificativas e talvez até sejam acompanhadas de alguns elogios, lidar com uma demissão ‘nunca é fácil’. Preparamos com muito carinho uma lista que não apenas vai te ajudar a lidar com a situação, como o manterá de cabeça-erguida no mercado.



Seja Ético e Profissional

Realmente, lidar com uma demissão, ainda mais de forma inesperada, não é um desafio simples, e a vontade de demonstrar indignação por meio de uma careta ou um discurso como “eu fiz tanto por essa empresa”, é incontrolável. Mas, entenda: a decisão já foi tomada.


Em vez de ficar dizendo coisas que não irão ajudar, concentre-se em saber como funcionará o processo de demissão e até qual dia você poderá ficar na empresa. Outra atitude que vai contribuir com sua imagem e futuros empregos, é pedir ao seu chefe um feedback dos dias em que você esteve na companhia. Com base no que ouvir, faça uma auto-análise e adapte seu comportamento para as novas oportunidades que surgirem.


> Como construir uma carreira, não apenas encontrar um emprego


Não Ceda ao Desânimo

É muito comum lidar com sentimentos de inutilidade e sentir-se rejeitado depois de uma demissão. Isso é compreensível, mas ficar trancado dentro de casa sem pensar em novas possibilidades de carreira, não vai te ajudar. Procure aproveitar o momento para descansar e colocar em dia atividades que você dificilmente conseguia realizar quando estava no emprego.


Como a prática é muito importante para tornar profissionais mais experientes, use a mudança em sua rotina para fazer cursos e ampliar o conhecimento. Uma boa opção neste momento é optar por cursos grátis, que são fáceis de serem encontrados na internet. Aproveite o desemprego para tornar-se um profissional ainda mais qualificado!



Novos Horizontes

Não fique imaginando que tudo está acabado depois de ser demitido. Além das atualizações, não desista de procurar um novo emprego! Há diversos sites de vaga e opções para identificar empresas que estão recrutando novos colaboradores. Empreender em algo interessante para o mercado, pode ser muito importante e oportuno para sua carreira neste momento.


Mesmo que você não esteja cadastrado em uma nova companhia, isso não significa que não possa trabalhar. Procure atuar como autônomo nesse tempo, prestando serviços particulares. Por exemplo, se você é formado em Marketing, pode prestar consultorias a empreendedores que estão começando no mercado. Claro que, se você há outras habilidades, como conhecimento aprofundado em exatas ou línguas, há a opção de fornecer aulas. De qualquer maneira, não fique parado, continue sempre a ‘exercitar’ seu conhecimento e se tornar alguém mais experiente.



Passado é Passado

Pode ser que durante o processo de desemprego você tenha vontade em ligar ou mandar um e-mail pedindo para seu ex-chefe o contratar novamente. Mas, não faça isso. ‘Dê tempo ao tempo’, entenda que assim como você tem o contato da empresa, o seu antigo gestor também tem o seu contato, e que se ele não entrou em contato ainda, é porque não há interesse - pelo menos, no momento.  


Pode ser fácil guardar ressentimentos de seu ex-chefe, e para extravasar você deseje falar mal dele sempre que possível. Porém, não confunda entrevista de emprego com ‘mesa de bar’. Falar mal  de alguém - por mais que seja verdade - a seus amigos e familiares é uma coisa, agora usar a entrevista de emprego para criticar sua antiga empresa e gestor, é um verdadeiro “tiro no pé”. Falar mal de seu último emprego pode te prejudicar por três motivos:


Primeiro: você corre o risco de estar falando mal para alguém que o conheça e, talvez não concorde com o seu ponto de vista.


Segundo: as pessoas que estão vendo seu comportamento, vão acreditar que caso você não permaneça no novo emprego, também sairá falando mal.

Terceiro: isso passa a imagem de que você é uma pessoa ressentida, imatura e não sabe lidar com adversidades, ou seja, pouco profissional.



Quando você é contratado deve ser alguém dedicado ao serviço e cumprir com suas obrigações e responsabilidades, mas nunca se esqueça de que tudo está sujeito a mudança, inclusive seu emprego. Portanto, a melhor maneira de lidar com uma demissão é sempre acreditar que ela pode acontecer, mesmo que não exista um motivo aparente. Então, procure sempre deixar uma boa imagem no mercado, porque mesmo que isso ocorra, você terá outras oportunidades.


Seja sempre humilde, e não fique guardando rancor de seu chefe ou equipe.Veja sempre o lado bom de uma circunstância ruim, e entenda que uma demissão é também um convite para sair da zona de conforto e tentar algo novo.  


E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades




Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar