E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

QUALIDADE, INFORMAÇÃO, RISCOS E BENEFÍCIOS: AS NOVAS RESTRIÇÕES EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS - Fora do “escopo” do PMBOK!

24/09/2014 Por: Editorial Dom Bosco
Por Marcio Ivanor Zarpelon

 

Prof.  Marcio Ivanor Zarpelon
É Administrador de Empresas com ênfase em Sistemas de Informação, Pós Graduado em Qualidade pela UFPR e Mestre em Ciência, Tecnologia e Gestão da Informação pela UFPR.
Já atuou em grandes empresas Multinacionais como Coordenador de Qualidade, Gerente de Projetos de TI e Consultor Empresarial.
Atualmente é Professor de Graduação pela Faculdade DOM BOSCO e Professor de MBA pelo IBPEX, ISULPAR e UFPR.



O objetivo deste artigo é promover a necessidade de discussão e fundamentação de novas restrições em gerenciamento de projetos, além das definidas pelo PMBOK (Escopo, Prazo e Custo).

As novas restrições que emergem à luz do conhecimento, em virtude das necessidades e demandas na atualização das metodologias de gerenciamento de projetos, são as restrições de Qualidade, Informação, Riscos e Benefícios.


O sucesso ou o fracasso na implantação de um projeto, depende de vários fatores e restrições.

As restrições mais conhecidas e definidas pelo PMBOK (Project Management Guide Book ou Manual para Gerenciamento de Projetos), são o Escopo, Prazo e Custos. Além destas, realizaremos uma abordagem sobre novas restrições como Qualidade, Informação, Riscos e Benefícios, que devem ser observadas em metodologias de gerenciamento modernas.


 

 

- O Escopo: É a delimitação daquilo que deve ser realizado ou entregue aos clientes. Entregas divergentes ao que foi planejado são consideradas desvios. Se a tolerância aos desvios de um escopo é zero, nem mais, nem menos do que foi planejado, deve ser entregue.

 

 

- O Prazo: Está relacionado à restrição de tempo. De acordo com o escopo, as entregas devem ser realizadas em um determinado tempo ou prazo previamente definido. Atrasos são considerados desvios que afetam não somente a sua delimitação, mas também outras dimensões. Em uma época onde dizia-se que tempo era dinheiro, esta restrição ganhou grande destaque e controle.

 

 

- O Custo: É definido como tudo que é desembolsado no projeto, com um fim na sua execução e resultado. Desvios de escopo e prazo, afetam os custos.

 

 

- A Qualidade: Apesar de não definida no PMBOK, esta quarta restrição já é consagrada por alguns especialistas que abordam o assunto. Portanto não está-se propondo criar algo novo neste item, e sim trazer à frente um item que integra-se nas restrições e já é utilizado pelas modernas técnicas de gerenciamento de projetos.

 Se um fornecedor fabricar e entregar um material que possua determinada limitação de esforços mecânicos sem possibilidade de incremento ou melhoria, porém na aplicação prática deste material as limitações de esforços não atendem a necessidade, isto torna-se um fator de restrição. Portanto, a dimensão de restrição da Qualidade define que todas as entregas devem ser acordadas e testadas quanto aos seus resultados efetivos para a correta evolução do projeto. As especificações devem estar definidas para que testes possam ser realizados frente aos padrões ou características.

 

- A Informação:  Surge ainda uma quinta restrição, a qual está-se propondo neste ensaio de reflexão, que é a restrição de informação. A informação em seu conceito, é definida por especialistas como um conjunto de dados agrupados de maneira lógica e de acordo com um propósito definido. Na chamada “era da informação”, é sabido que as informações valem e custam dinheiro, portanto, esta restrição pode afetar todas as outras dimensões restritivas. A abrangência desta restrição é evidente quando o escopo é definido erroneamente, quando algo não é entregue ou entregue com desvios, quando não é testado adequadamente, ou quando os custos não foram estimados com eficácia. Tudo depende de informações confiáveis, prontamente recuperáveis e seguras, para que as características do projeto sejam monitoradas e executadas. A abrangência da restrição da informação também torna-se evidente quando abordam-se os sistemas. Os sistemas de informação tornam-se uma restrição quando estes são inexistentes porém necessários ou simplesmente inadequados. Sistemas inadequados caracterizam-se como sistemas que não atendem as necessidades dos usuários, sejam eles obsoletos ou parametrizados sob desvios não adaptáveis, frente às adequações requeridas pelo projeto. Portanto, os sistemas também podem apresentar restrições que determinem o fracasso de um projeto, ou no inverso da moeda, o sucesso do empreendimento.

 

 

- Riscos e Benefícios: Consideradas as mais controversas, alguns especialistas defendem ainda restrições tais como riscos e benefícios. Porém para estas restrições, sugere-se um novo ensaio de reflexão que permita uma análise ampla sob a ótica de pertinência, desprovida de paradigmas ou viés cognitivo. Ressalta-se porém, que alguns gestores já aplicam estas duas restrições em sua prática cotidiana de projetos.

 

Apesar do PMBOK não definir em sua estrutura as restrições de Qualidade, Informação, Riscos e Benefícios, este Guia deixa uma oportunidade para análise de outras restrições de acordo com a necessidade, ao definirem-se critérios de planejamento, monitoramento e controle.

 

 Além das três restrições delimitadas pelo PMBOK, e após a fundamentação e consenso sobre a quarta restrição em gerenciamento de projetos que é a qualidade, surge uma quinta restrição, que é a informação. Esta restrição possui a maior abrangência de todas as restrições, pois pode afetar significativamente todas as outras dimensões de restrição.

Portanto, frente às mudanças nos cenários econômicos, sociais e administrativos, surge a necessidade dos profissionais em gerenciamento de projetos atentarem para novos conceitos e restrições até então embebes no cenário de discussão, buscando fundamentá-las e analisá-las com cada vez mais profundidade.

 

 

 


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar