E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Tecnologia móvel no ensino: ajuda ou atrapalha?

19/08/2015 Por: Vanessa Cagliari
Tecnologia móvel no ensino: ajuda ou atrapalha?

Com o objetivo de otimizar o aprendizado dos estudantes, muitas instituições de ensino, desde escolas até universidades, passaram a aderir aos recursos da tecnologia. Uma pesquisa feita pela instituição Pew Research Center, nos EUA, revelou que 58% dos docentes norte-americanos possuem smartphones, índice que representa 10% a mais que a média nacional para adultos.


 
Os professores estão aderindo políticas do tipo "traga seu próprio dispositivo" nas salas de aulas e pedindo que as escolas ofereçam tablets para seus alunos. No entanto, fica a dúvida: o que esses dispositivos acrescentam às aulas e ao aprendizado dos alunos? Essa estratégia de ensino vai além de chamar a atenção dos alunos ou é apenas uma forma de alcançar os mesmos objetivos com a instrução analógica?


 
Os benefícios da tecnologia móvel

O estudo do Pew Research Center pediu a um grupo de professores que avaliasse o impacto educacional da tecnologia durante às aulas. As descobertas foram que:  


 
-Professores de inglês são mais propensos a utilizar dispositivos móveis na sala de aula do que professores de matemática;


 
-73% dos professores usam tecnologia móvel em suas aulas, tanto por meio de sua própria instrução ou deixando que os estudantes usem tablets ou smartphones para completar as lições;


 
- 47% dos professores concordam e um adicional de 44% concordam um pouco que os estudantes precisam de cursos de alfabetização digital para serem bem sucedidos profissionalmente e academicamente.


 
Além dessa, outras pesquisas também viram vantagens no uso de tecnologias móveis na educação. A PBS Kids, empresa voltada ao público infantil, em parceria com o Departamento de Educação dos Estados Unidos, descobriu que o vocabulário das crianças de idades entre 3 e 7 anos que utilizaram o aplicativo "Martha Speaks" melhorou até 31%.


 
Na mesma época, a Universidade Cristã Abilene realizou um estudo em que concluiu que estudantes de matemática que usaram o aplicativo "Estatísticas 1" melhoraram suas notas finais. Além disso, eles também se sentiram mais motivados em terminar aulas em dispositivos móveis do que por meio de livros didáticos.


 
Desvantagens

Juntamente com os benefícios, os dispositivos móveis vêm com a sua cota de complicações. A autoridade do professor, por exemplo, é uma questão que pode ser posta em causa quando a tecnologia móvel é permitida durante as aulas. Além disso, existe também a questão do custo e, mesmo que os alunos possam trazer seus próprios tablets, ainda assim vai haver o problema da disparidade, uma vez que nem todos os alunos têm condições financeiras para adquirir tais tecnologias.


 
Políticas de tecnologia também são difíceis de implementar em celulares pessoais do que em aparelhos de propriedade da escola, uma vez que os mesmos podem vir com determinados programas instalados e que tenham a ver com o aprendizado.



 
Quais tecnologias móveis funcionam nas salas de aula?

Somente a tecnologia móvel na sala de aula não garante um aumento da atenção dos estudantes. Então, quais tipos de tecnologia móvel são mais eficientes para o aprendizado?


 
-E-readers: com o tempo, os livros didáticos tradicionais se tornam ultrapassados. E-readers permitem atualizações em tempo real que são úteis para os estudantes;


 
-Módulos móveis individuais: jogos educativos e aplicativos são opções que podem ser usadas pelos alunos, de acordo com a necessidade de cada um. Dessa forma, eles podem trabalhar de acordo com seu próprio ritmo, tendo tempo extra nas áreas onde mais sentem dificuldade;


 
-Aprendizagem em nuvem: usar tecnologia móvel ligada a uma nuvem significa que os estudantes podem fazer a transição da tarefa em sala de aula para a casa facilmente. Isso melhora a capacidade de organização dos alunos e economiza tempo.



 
Conclusão


A aprendizagem por meio de dispositivos móveis pode realmente acrescentar positivamente na forma como os alunos instruem-se. Quando utilizada da maneira correta, tem o potencial de auxiliar os estudantes a aprender e se engajar mais. Entretanto, os aparelhos tecnológicos não são a salvação. Professores competentes e capacitados também são necessários quanto a tecnologia na Era da Informação, para conciliar as vantagens educacionais proporcionadas pela tecnologia a fim de maximizar o valor de ambos.


 
Quer aprender mais sobre inovação na educação? Então, conheça os cursos de pós-graduação online em educação do Dom Interativo. Entre os cursos estão: pós-graduação em Tecnologias e Educação a Distânciapós-graduação em Libraspós-graduação em Psicomotricidade, entre outros. Clique aqui e conheça.

 
Com informações de Gizmodo
 
 
 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar