E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Turismo corporativo está em alta - Veja por que investir

01/04/2015 Por: Editorial Dom Bosco

Turismo corporativo

 

Se ao pensar em viagem sua mente logo vai para um período de férias escolares ou do trabalho, está na hora de ampliar essa visão! Pesquisa feita pela Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas (Alagev) e divulgada pelo Ministério do Turismo, diz que entre 60% e 70% das viagens domésticas feitas no Brasil, são a trabalho. Se o turismo corporativo compensa? Sem dúvida, sim!


Turismo Corporativo traz oportunidades


O Turismo por si só, traz muitos benefícios a economia, já que estamos falando da contratação de serviços de hospedagem, exploração da gastronomia local, transporte, dentre inúmeros outros elementos que fazem parte da experiência de todo viajante; agora, ao pensar no turismo corporativo, estamos falando não só de pessoas que vão uma vez ou outra para compromissos, como de empresas que reservam valores periodicamente para viagens a negócio de seus colaboradores.


Um fator que torna o turismo corporativo ainda mais atrativo, é que muitas vezes aqueles que viajam a trabalho podem ficar maravilhados com a região, e com isso decidem encaixar o destino numa futura viagem a lazer. Pense que talvez essa pessoa jamais pensaria nesse lugar para tirar férias, mas depois de conhecer melhor o ponto ao viajar pela empresa, acaba gostando e decide voltar.


Portanto, o turismo corporativo é bastante relevante e estratégico para quem atua no setor de turismo e eventos. Agora ficou mais fácil entender que não é à toa que diversos hotéis fazem questão de fechar parcerias com empresas e institutos de treinamentos corporativos para receberem congressos, workshops e reuniões.


Tendências para o setor


A expectativa é que cada vez mais as regiões consideradas pólo de encontros empresariais, estejam prontas para oferecer a melhor experiência nas viagens a trabalho, como também para convencer esses turistas corporativos a prolongarem suas estadias ou retornarem numa próxima oportunidade. Hotéis como BHG e Golden Tulip, por exemplo, planejam tornar seus espaços mais adaptados a esses eventos nos próximos anos.  


Para contribuir com toda essa interação com os turistas, investimentos em tecnologia de ponta, profissionais preparados para uma recepção única, abordagens sustentáveis e a preocupação com a impressão positiva, vão se tornar exigência no setor de turismo e evento. Quer estar preparado? Conheça nosso MBA em Gestão de Turismo e Hospitalidade.


E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades

 

 


Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar