E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Web 2.0: Conheça a evolução da Internet, da Guerra Fria aos dias de hoje

06/11/2014 Por: Editorial Dom Bosco


A Internet faz parte do nosso cotidiano e estamos tão acostumados com as facilidades que ela nos proporciona que, as vezes, não nos lembramos que nem sempre foi assim, ainda mais, com toda essa interatividade que conhecemos hoje.

Por incrível que pareça, a internet surgiu como um projeto militar durante a Guerra Fria, mas somente na década de 90 ela começou a expandir e se popularizar.

Nesse primeiro momento, conhecido como Web 1.0, predominava a geração da internet comercial e sua principal característica era a quantidade de informações disponíveis na rede, porém, o conteúdo era pouco interativo, predominava a troca de e-mails e o usuário era mero espectador da ação que se passava nas páginas, além disso, não era possível compartilhar e participar da ação em tempo real.

Todavia, esse tempo passou, com as os avanços tecnológicos, a popularização da internet e velocidade de conexão, a Web evoluiu para o que chamamos de Web 2.0.

A Web 2.0 nada mais é que a mudança da internet como plataforma, conforme explica Antônio Ricardo, especialista na Tecnologia da Informação:

“O site baseado no conceito 2.0 permite que o usuário interaja com o criador do portal, com outros usuário e, até mesmo, altere o conteúdo do site. Diferente dos sites 1.0, onde o conteúdo é estático, ou seja, o visitante podia apenas ler as informações que estavam disponíveis, sem nenhum tipo de interação ou recurso adicional”.

Em suma, a Web 2.0 é a evolução da internet, onde a prioridade é a troca de informações e colaboração entre os usuários, em outras palavras: a internet colaborativa.

Sua essência é participativa e permite que os internautas interajam e façam parte das informações. Alguns sites como, Wikipédia, permitem a construção coletiva do conhecimento. Além disso, programas e aplicativos passaram a ter seus códigos abertos, aceitando melhorias e sugestões dos próprios usuários que os moldam a partir de suas necessidades e preferencias.

Entretanto, nem tudo é um mar de flores, afinal, um dos maiores problemas que vivenciamos nessa era é a quantidade de informações de má qualidade que são jogadas na rede todos os dias. Com a participação, praticamente, de todos, os usuários podem se transformar em produtores de conteúdo, com blogs, videoblogs, MySpace ou Facebook, o que nos fazem questionar a veracidade das informações que, muitas vezes, carecem de fontes e nem sempre estão corretas, se transformando no famoso “boca a boca” virtual.

Por esse motivo, as empresas procuram cada vez mais por profissionais que se destacam dessa multidão, transformando o especialista em uma raridade.

Segundo Pollyana Ferrari, Doutora em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo, a Web 2.0 é a era que vivemos hoje, porém, ela está em constante transformação e, em breve, poderemos presenciar essa evolução para a web 3.0, 4.0 e assim, sucessivamente.

Concluímos que a internet é um organismo que está em constante mudança e evolução, por isso, é necessário que os profissionais da área vivam em constante processo de atualização para estar preparado para a as mudanças que este mercado está sujeito.

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar